Roteiro Poético de Viana do Castelo

0

As cidades, como as gentes, são espaços de percurso para os nossos afectos.

Neste livro, Alberto Antunes de Abreu ensina-nos Viana pela mão das emoções de Alfredo Reguengo, João da Rocha, Álvaro Feijó, Amadeu Torres, António Manuel Couto Viana, Conde de Bertiandos, Conde de Aurora, Fátima Passos, Fernão Lopes, Francisco Sampaio, Frei Luis de Sousa, Jorge Amado, José Caldas, José Saramago, Júlio de Lemos, Manuel Baptista da Silva, Maria Emília Sena de Vasconcelos, Maria Manuela Couto Viana, Ramalho Ortigão, Rúben A., Salvato Feijó.

Autor:

Coordenação/Organização

Alberto Antunes de ABREU

Editora:

Data de Edição:

Local de Edição:

ISBN

972-588-136-2

Excertos

Viana Antiga

Depos, na companhia de Lord Snob, levei-os a Viana para arte e um adeus de partida. Mostrei-lhes tudo, obriguei-os a abrirem a boca, diante da nossda pedra tosca, mas berm medida e sempre pura de ingenuidade – maravilhei-os nos pormenores salientes das ruas estreitas e compridas da segunda cidade mais bonita do país.A primeira é Évora. Vimos a Matriz, as Malheiras, a Praça com a Misericórdia da Renascença e a fonte – tudo estava batido pelo sol, do passado e pelo azul da verdade.

Rúben A., Páginas, IV

A Estação de Viana do Castelo

A cidadezinha de Viana é a capital condigna desta região.
O viajante é agradavelmente surpreendido, logo ao chegar, pelo aspecto da gare, uma das maiores e a mais bela do país.

Ramalho Ortigão, As Farpas

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Roteiro Poético de Viana do Castelo”